Cortes Masculinos 2014\2015


Todos nós sabemos que a moda e as tendências masculinas mudam e se variam assim como as femininas. Um dos setores mais lucrativos hoje em dia são paras os cabeleireiros especialistas em cabelo masculinos. Eu, já estou pensando em mudar meu corte mais uma vez, por isso, coletei alguns dos cortes que mais gosto e que fizeram sucesso em 2014 e que bombarão em 2015 e que  podem ajudar a vocês também! Bora se inspirar:









Eu já escolhi o meu, e a partir dessa semana já vou começar a preparar pra ir fazer o corte! Bom, espero que tenha ajudado e que tenham gostado! Comentem ai em baixo se vocês fariam algum desses ou se não fariam também hahaha, quero ler suas opiniões! :*


REDES SOCIAIS: INSTAGRAM | TWITTER






Compartilhe esse Post !
Postado por:
Arquivado em: , , ,

Eu sou preto e você?


Eu sou preto e você? Digo, preto mesmo. Carvão, talvez possam até me chamar assim. Sou da família que vem da senzala, das situações indesejáveis do ser humano. Tenho grito forte, tenho voz na alma, mas até hoje, ainda assim, sou o preto. O preto sem cor. Porque em vários tons de branco, um preto ainda sente dificuldade em se destacar.

Pele lisa, cabelo encaracolado. O motivo dos risinhos durante aquelas aulas de História sobre Lei Áurea e Período Colonial. Nunca entendi porque riam. Será que sou tão engraçado assim? Ou vocês têm tanta inveja da minha raça, que é a mais falada na aula que vocês tanto odeiam? Diga-se de passagem, que eu não me escondo, não me deixo levar. Na verdade nunca liguei. Sou preto mesmo. Tenho orgulho do meu olhar, da minha caminhada e do que já alcancei.

Vim de baixo como tantos outros, mas me ergui. Sei quem sou e por que sou. Não tenho medo do que usem contra mim, ser preto é apenas ser, não é cometer um crime. Você vive bem com sua pele esbranquiçada? Você se sente bem com suas veias aparentes? Eu me sinto bem preto. Não sou ladrão. Não sou menos que você. Sou destaque. Você que insiste em me menosprezar, já percebeu que tudo isso faz com que eu alcance mais espaço? Não da forma que todo preto sonha, mas ainda assim já é um começo. Chamam de racismo. Eu prefiro a conotação destaque.

Quem me dera se todo preto fosse assim. Erguesse a cabeça e não se entregasse aos baixos calões, aos hipócritas. Não se deixassem levar pelo que afirmam e sim pelo que realmente são. E daí seu venho da favela? E daí seu tenho meu gingado de capoeira? E daí se sou mais escuro que você? Tenho perna, tenho braço e todo um sistema funcional igual ao seu. Se você se incomoda tanto com minha capoeira, abro mão dela e aprendo sua dança de salão. Você seria preto comigo? Espero que sim, não tenho dificuldade nenhuma em ser branco.

Primeiro post do Desneurando, uma coluna onde falarei de assuntos polêmicos e atualidades. Racismo foi o primeiro tema porque, assim como a homofobia, mata milhares de pessoas por ano, seja por agressão ou por depressão. 
Compartilhe esse Post !
Postado por:
Arquivado em:

Playlist só das antigas

IMAGEM: GOOGLE

Um dia desses eu estava em casa assistindo vídeos aleatórios no youtube e comecei a perceber que eu estava voltando à dez anos atrás em poucos cliques. Sabe aquele tipo de pessoa que gosta de músicas antigas e que se apega à elas? Sou eu mesmo. Comparando minha lista de mais ouvidas com as listas dos meus amigos, parece que eu parei em 2007. E o mais engraçado é que por mais que novas bandas e músicas vão surgindo, eu não consigo me desapegar de algumas. Com vocês é assim também? Eu espero que sim, não quero me sentir estranho sozinho, por favor!

Pensando nisso, resolvi criar um post especial com algumas das minhas músicas preferidas e que provavelmente você já conhece, ou então nunca ouviu, de tão velha que é. Isso mesmo! HAHAHA. O mais legal dessas músicas é que cada uma delas, tem um significado e lembram algum momento da minha vida. Tipo, NOSTALGIA TOTAL. Sem mais delongas, dá o play aí. E se você nasceu antes de 1998, vai lembrar de todas!























E se você, assim como eu, ama músicas antigas, se sinta abraçado neste momento! HAHA.

PS; Depois de dez dias sem postar nada, cá estou eu! Determinado, cheio de novidades e louco pra colocar meus projetos em prática. Quem achou que o blog seria excluído ou que eu tinha desistido dele: não, nada disso acontecerá. Muito pelo contrário. Meu sumiço, inicialmente, aconteceu por alguns problemas, mas a extensão dele foi totalmente proposital. Resolvi dar uma parada e pensar no que eu precisava mudar na organização da minha vida pessoal e é claro, pensar sobre o que faltava aqui no blog. Pensei bastante, coloquei tudo no papel e tomei muitas decisões. E isso inclui muitas novidades, tenho certeza que vocês vão adorar!
Compartilhe esse Post !
Postado por:
Arquivado em: ,

3 produtos para cabelos oleosos


Os meninos geralmente, são os que mais utilizam gel, fixadores, cremes... Isso é a arma pra que a oleosidade se instale. Muitas vezes o produto errado ou a forma errada de lavar o cabelo, ocasiona o acúmulo de resíduos no couro cabeludo. Eu já sofri bastante com oleosidade, e junto, as caspas. Até hoje se eu descuidar elas voltam em peso. E, sempre, eu ficava naquela, achando que os produtos de hidratação, eram proibidos pra mim e sempre me trariam mais oleosidade e caspas... Bom, tem pouco tempo que venho vendo, não é bem assim.
Já comprei e testei muitos produtos, digo, MUITOS mesmo, chegava a ser cansativo ficar procurando por shampoos anti-oleosidade que não deixassem meu cabelo tão seco.
E de tanto pesquisar/comprar/testar eu conheci alguns produtos que surtiram o efeito prometido e não trouxeram a oleosidade de volta. A maioria dos garotos, não sabem como devem solucionar este problema e como já sou experiente (pode acreditar) resolvi fazer esse top 3:


1 - Shampoo Head In Shoulder Classic Clean: Foi um dos primeiros anti-oleosidade que eu usei. O preço é um pouco mais alto, mas a química é muito eficiente. Tão eficiente, que suspendi o uso após dois meses usando direto. Acontece que por ser de compostos mais fortes. acaba danificando e ressecando os fios. É ótimo pra quem nunca utilizou um shampoo contra a oleosidade, porque ele retira mesmo e você pode passar até três dias sem lavar cabeça, que tudo ficará ok. Mas se você for usar, recomendo que utilize duas vezes por semana ou então utilize alternado o mês com algum shampoo mais fraco. Custa entre 10 e 15 reais. 

2-  Shampoo Seda Pureza Refrescante: Amo quando encontro produtos que surtem o efeito prometido e tem um preço baixo. Com esse shampoo aconteceu exatamente isso. Ele tem uma textura diferente, parecido com detergente neutro, faz bastante espuma e depois do enxágue deixa o cabelo beeem refrescante como o prometido. Me surpreendi muito, porque nunca fui muito fã dos produtos Seda, esse é ótimo! O preço varia entre 6 e 8 reais, vale muito a pena! Indico ele pra quem já usou produtos mais fortes para combater a oleosidade, apenas pra manter o cabelo longe dela ou para ir fazendo alternância com shampoos mais fortes! 

3- Ampola Auto Aquecida Avora Vive Essential Hair Oil : Eu sei como os fios ficam danificados quando usamos shampoos contra a oleosidade: porque o couro é oleoso e os fios secos... isso é um saco né? E até pouco tempo atrás, não sabia como resolver isso. Foi quando ganhei esse presente da Avora Cosméticos, que veio na hora certa! Trata-se de uma ampola que hidrata os fios e sela, fazendo com que as pontas e fios ressecados, se tornem mais fortes. Super recomendo, porque hidratou meus fios e meu couro cabeludo continuou o mesmo! Esse foi meu achado (presente) do ano! Custa de 11 a 13 reais.

Vocês também sofrem com a oleosidade no cabelo? Utilizam esses produtos? Tem outros à indicar? Conta ai nos comentários! 
Compartilhe esse Post !
Postado por:
Arquivado em: ,

Nunca vou dizer adeus


Eu nunca vou dizer adeus. Meus fins são definitivos demais para se aplicarem a você. Conto um, dois, três, quatro e paro no cinco. Cinco erratas pra que eu pudesse acertar em você. E acertar mesmo. Engraçado como a vida brinca com a gente. Pessoa linda, mas improvável. Meu pensamento fica vagando pela sua personalidade e a única palavra que me vem à cabeça é amor. 

Amor do mais puro, do mais irreverente quem sabe. Nós somos assim, porque ninguém disse como deve ser. Ninguém sabe qual vai ser, aliás, qual vai ser? Eu na sua, você na minha? É simples demais pra nós. Definições à parte, eu gosto é de sentir. Sentir sua presença, sua respiração frente à minha e seus braços me envolvendo em um ciclo vicioso durante todo o tempo. Tempo pouco, tempo chato, tempo nosso. Parece que nunca é bastante, nunca satisfaz. 

Amanhã você vem, depois de amanhã sou eu quem vou. Dividimos assim essa nossa rotina de 'o tempo nunca é suficiente' sempre deixando com um gostinho de quero mais! Chega pra cá, se envolve nessa música comigo, se enrola na toalha e sai logo desse banho, quero tudo em perfeita sincronia para que alcancemos uma dança perfeita. Uma coreografia sincronizada, algo visto como a dança do amor. Brega eu, brega você. Brega são os que não dão chance ao amor por medo de sofrer. Eu juro que se o para sempre não for nosso aliado, quando chegar a hora do fim, ainda assim, saberemos de cor a coreografia, talvez assim, não esqueçamos um do outro e voltemos atrás, porque como eu já disse: nunca vou dizer adeus.
Compartilhe esse Post !
Postado por:
Arquivado em: